Pedro Ribeiro 4º class e Maia coletivamente 3ª class. Campeonato Nacional de Corta-mato Longo

Ontem, 2 março, no campeonato nacional de corta mato longo, em Pombal, foi mais uma jornada fantástica para o Maia Ac / Gosaude, fazendo juz ao nosso lema “Vencer é a nossa paixão”. Pedro Ribeiro, depois de o ano transato ter estado limitado e mesmo operado a uma pubalgia e depois de uma recuperação lenta, mas eficaz, apareceu este campeonato rejuvenescido e com veia de campeão, ao terminar em 4º, discutindo e perdendo o terceiro lugar por muito pouco, para Alberto Paulo (Benfica). Foi, sem dúvidas, uma prestação a alto nível capitaneando o Maia AC / Gosaude para um terceiro lugar coletivo, saboroso, não sendo inédito foi, e é, o culminar de uma regularidade e consolidação em presenças nos podiuns de campeonatos nacionais. Com Pedro Ribeiro estiveram, também, Hélder Santos (11º), Vitor Oliveira (16º), Nuno Costa (21º), Bruno Silva (22º) e ainda Daniel Carneiro (71º), 15º sub-23, contribuíram para o 3º lugar coletivo, somando 52 pontos, perdendo para o SL Benfica (20 pontos) e Sporting (38 pontos). José Costa, reforço de ultima hora, bem como Nuno Costa que fecharia a equipa para o coletivo, desistiu por inadaptação ao percurso. De destacar que Pedro Ribeiro obteve a melhor classificação individual, por parte de um atleta do clube, no nacional de corta mato longo e ainda contribui para a melhor pontuação coletiva da participação do clube no referido campeonato, ao realizarem um total de 52 pontos. 

4º classificado nacional corta mato longo, Pombal, 2014

4º classificado nacional corta mato longo, Pombal, 2014

Quanto à nossa juventude podemos dizer e afirmar que foram uns heróis / heroínas face à terrível intempérie e condições de piso do percurso. Comecemos pelos atletas, dois, presentes no escalão de juvenis masculinos Orlando Silva (17º) realizou a prova possível, pois nunca se encontrou verdadeiramente confortável com o percurso, e as suas dificuldades, apesar disto foi positiva a sua participação. Quanto a  Francisco Coimbra, desistiu muito cedo, passando completamente despercebido na competição, é jovem melhores dias virão.

Para o mesmo escalão (juvenis) mas agora no setor feminino, foi um “verdadeiro massacre” e um teste à capacidade de sofrimento, de dor e resistência psicológica aquelas pelo que as nossas atletas tiveram que ultrapassar. Assim, Francisca Borges (17ª), Patricia Carneiro (31ª), Ana Ribeira (35ª) e Catarina Ricardo (45ª) foram o orgulho de toda a delegação maiata presente na competição, ao terminarem e ainda ficarem em 5º lugar coletivamente, e muito próximo do pódio a apenas 12 pontos do terceiro lugar. Parabéns miúdas! Força, para Portalegre no nacional do desporto escolar.

http://www.fpatletismo.pt/cache/binImagens/Result_CortaMatoNacionalLongo2014_2-7042.pdf

A todos o nosso obrigado por mais uma jornada inesquecível.

A direção

Maia, 3 março 2014

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s